Ejaculação Retardada. Como a Terapêutica Tântrica pode ajudar você? 1

Ejaculação Retardada. Como a Terapêutica Tântrica pode ajudar você?

abr 16, 2019 | Terapêutica Tântrica

A Ejaculação Retardada (ejaculatio retardata), denominada como “incapacidade ejaculatória” por Masters e Johnson, pode ser definida como uma inibição do reflexo ejaculatório, tornando o ato ejaculatório retardado ou difícil de acontecer.

Um homem que sofre de ejaculação retardada responde normalmente aos estímulos sexuais com uma ereção firme, porém, torna-se incapaz de ejacular. Embora deseje o alivio orgásmico, mesmo que ele receba a estimulação adequada para disparar o reflexo orgásmico, não o consegue.
Em sua forma branda, a inibição ejaculatória é associada a situações que provocam a ansiedade. Muitos homens que sofrem de ejaculação retardada no momento do sexo com uma parceira, conseguem-no mais facilmente com uma estimulação manual (masturbação).

O Método Deva Nishok desenvolvido na Comunna Metamorfose proporciona a recuperação do gatilho reflexo, através dos múltiplos orgasmos secos que são experimentados a cada sessão, com extensão para os orgasmos ejaculatórios. O homem passa a desenvolver novas habilidades ejaculatórias.
Recomendamos que sejam realizadas de 6 a 10 sessões, com avaliações após cada sessão.

Chamada de “dispareunia”, a dor que ocorre durante as relações sexuais pode representar para as mulheres um empecilho maior à satisfação sexual. Nessa situação, que pode ocorrer em qualquer idade, a dor pode aparecer no começo das relações sexuais, no meio, durante a penetração ou fora dela, no momento do orgasmo ou até mesmo depois que as relações acabaram.
A dor pode ser ardente, aguda, causticante ou espasmódica; pode ser externa, na vagina, ou dentro da região pélvica ou do abdomen. Não se conhece ao certo a incidência da dispareunia, mas estima-se que 15% das mulheres adultas, sexualmente ativas, já sentiram dor durante o coito (penetração) algumas vezes por ano. As pesquisas demonstram que é alto o número de mulheres adultas que têm relações sexuais dolorosas com frequência.

A dispaurenia retira o prazer sexual de uma pessoa e pode interferir na excitação sexual e no orgasmo. O medo da dor pode produzir ansiedade, tensão e afetar totalmente os reflexos que produzem a excitação. Em muitos casos a pessoa acaba evitando o ato sexual ou abstendo-se de todas as formas de contato sexual, com implicações até no retraimento das relações.

Os parceiros de mulheres com dispareunia devem ser muito compreensivos e sensíveis aos seus sentimentos, auxiliando-a na busca por tratamentos que a acolham e a ajudem a superar o problema.

Fonte: https://redemetamorfose.org/artigos/ejaculacao-retardada

Ejaculação Retardada. Como a Terapêutica Tântrica pode ajudar você? 2

Rua Mouzinho da Silveira, nº 27B | Lisboa | Portugal
Contacto +351 915661536
contato@shizentantric.pt